Ah....as borboletas.

Ah....as borboletas.
A atriz Megan Fox, uma apaixonada confessa por tatuagens, tem uma citação de Shakespeare (mais precisamente da peça Rei Lear) que significa "vamos rir-nos de borboletas douradas". Para quem não sabe, embora belas e extravagantes, as borboletas douradas não conseguem voar, sendo uma espécie de prisioneiras de si próprias. As paixões, assim como as borboletas, duram muito pouco, mas se as paixões fazem par com o amor, a vida além de ganhar sentido, vem acompanhada de um delicioso tempero.

domingo, 11 de novembro de 2012

4 Princípios da dona de casa

Gente, com a permissão da Alessandra Rigazzo, do Blog Tomando uma Chávena de Chá, posto para vocês, essa maravilha de texto, que vale para refletirmos sobre o que temos e o que queremos.(Tomando uma Chávena de Chá). É um encanto de Blog.




A nossa casa reflete muito do que somos e do que sentimos.
Ela pode ser um retrato das nossas habilidades, dos nossos princípios e do nosso amor.
Também pode ser um retrato das nossas frustrações, indiferenças e descontentamento.

Talvez você more em um pequeno apartamento.
Talvez você more em um cômodo alugado ou emprestado e está neste lugar apenas de "passagem", até que chegue o tempo de adquirir seu local próprio.
Talvez você more em uma mansão.

Independente do local, quem sabe o seu pensamento seja sempre o mesmo: "Não tenho a casa dos meus sonhos!" e assim, você age com descuido e desprezo, esperando "o melhor" chegar para começar a cuidar. Quero lembrá-la que prosperidade não é uma promessa divina, mas é a consequência de sermos bons cuidadores/administradores do que está em nossas mãos.

Não importa se sua casa está cheia de móveis caros ou tem apenas o essencial, a gratidão (ou ingratidão) por aquilo que está aos nossos cuidados transparece no modo como nos "relacionamos" com esses bens.
Restaurar a dignidade do lar, passa por melhorar sua aparência, o que consequentemente, trará mais conforto e paz, tornando-se um bom círculo vicioso.

Comece a olhar para a sua casa de um modo diferente, com um olhar especial de gratidão. Escolha gostar e cuidar do que você tem.

Há coisas que ninguém pode fazer por nós. Só nós, donas-de-casa (em tempo integral ou não), podemos deixar nossa marca em nosso lar.
Podemos buscar inspirações e a natureza criadora de Deus que está em nós se manifestará ao ponto de nos surpreender.
Ao darmos os primeiros passos, começamos a usar a criatividade de modo simples para melhorar o ambiente em que vivemos e onde recebemos nossos queridos.
Com pequenos toques de nossas mãos, podemos deixar nossa casa aconchegante e doce.

Meu conselho? Aplique os 4  princípios da dona-de-casa (tem dado certo pra mim):

1-  O princípio da "gratidão".
Mantenha uma atitude de gratidão em seu coração. Não reclame, não desvalorize.
Continue trabalhando em seus sonhos, mas com o coração grato pelo que você tem hoje. 

2- O princípio da "inspiração e determinação"
Inspire-se! Visite bons blogues, veja boas revistas, visite feiras de artesanato e lojas de decoração. Divirta-se no Pinterest. Fique atenta aos detalhes, descubra como se faz e arrisque-se! 

3- O princípio de "usar o que você tem" 
Não saia comprando coisas, olhe ao seu redor e avalie o que você já tem. O que pode ser reaproveitado? Às vezes, um mesmo objeto que está encalhado, pode ganhar uma nova função de muito proveito.

4- O princípio do "também".
Faça o mínimo e mais um pouco...também! Ou seja, não faça só o mínimo! 
Faça uma almofada e outra...também! Faça um bolo e um café...também! Organize uma gaveta e uma prateleira...também!

3 comentários:

Pedro Luis López Pérez disse...

Vengo del blog de Eliane (pilaresangelicais) y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me gustaría ser Seguidor de tan bello Espacio, que es el Tuyo.
Un abrazo.

Clarice Lúcia Silva disse...

A Alessandra é uma pessoa muito especial.
Seu texto é perfeito!

Beijos

eliza disse...

OI MIGUXA QUERIDA, PASSEI PRA TE DEIXAR UM XERO E UM BJIM.BOA QUINTA FEIRA