Ah....as borboletas.

Ah....as borboletas.
A atriz Megan Fox, uma apaixonada confessa por tatuagens, tem uma citação de Shakespeare (mais precisamente da peça Rei Lear) que significa "vamos rir-nos de borboletas douradas". Para quem não sabe, embora belas e extravagantes, as borboletas douradas não conseguem voar, sendo uma espécie de prisioneiras de si próprias. As paixões, assim como as borboletas, duram muito pouco, mas se as paixões fazem par com o amor, a vida além de ganhar sentido, vem acompanhada de um delicioso tempero.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Para começar bem a terça-feira, sem esquecer jamais de ir em frente. O que nos espera lá?????? como saber se não caminharmos e também nunca esquecer que o plantio é livre, porém a colheita é obrigatória.

A utopia está lá no horizonte.  Me  aproximo  dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte  corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar" .

Eduardo Galeano

2 comentários:

Ramirez Dittrich disse...

Olá amiga Shirley,

Além de um poema maravilhoso para terça, nos apresenta esses maravilhosos piriquitinhos...LINDISSIMOS.
A palma está linda com um tom suave de salmão de encher os olhos de prazer...como é fantastica a natureza, principalmente quando demostrada através dos olhos de quem muito admira.
Obrigado pela visualização sempre de extremo bom gosto.
Abraços
Ramirez

Anônimo disse...

Oiii, adorei o blog ja estou teseguindo.

;)

beijinhos.